ESTÓRIAS...

ESTÓRIAS...

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

"DONA DOIDA"

E agora chegamos lá… Chegamos lá? – Quem? Ora, eu e você!

A idade do pode e não pode. Hoje você pode andar livremente, mas cuidado com o sol! Cuidado com o sal! Cuidado para não esquecer… já esqueci! – Agora posso até esquecer! O que não posso é deixar de lembrar.- O que foi bom; foi bom! O que foi ruim; deixa pra lá…

Olha o sol que está fazendo… quente demais! Se eu sair lá fora vou virar um pimentão vermelho. E o vento! Quero o vento forte e frio, mas ele sumiu. Mas estou ouvindo uma música na memória, sim lembrei da Miriam Makeba cantando Malaika… que música linda! Justamente hoje, não seria coincidência. Pois pensei que poderia ter ido para a África viver um sonho, mas e depois… Lembrei também da amiga que dizia: Você mal se aquenta em pé quando tem ataque de asma, e pensa em ir para a África! Você é mesmo doida!

Doida, não, se fosse doida teria ido, teria, mas e agora… O agora é sempre mais urgente que o sonho.

lita duarte