ESTÓRIAS...

ESTÓRIAS...

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

TRANSTORNOS


Quando eu entrei na casa de dona Cândida, eu tomei um susto! Tinha tanta coisa espalhada por todos os lados. A mulher acumulava coisas dentro de sua casa. Havia uma montanha de jornais e revistas em todos os cantos. Havia roupas jogadas e amontoadas em todos os lugares da casa. O cheiro de bolor era muito forte. Para entrar na casa eu tive que fazer um grande esforço, pois a porta estava emperrada. Dona Cândida não saía de casa há muitos meses.

Descobri um tempo depois, que aquela pobre mulher sofria de um transtorno que a deixava daquele jeito;  com mania de juntar coisas. Para piorar, seus parentes não queriam saber dela. Quem a ajudava era alguns vizinhos e um pessoal de uma igreja. Mas era complicado, porque ela não queria saber de se tratar. Para ela ir ao médico foi o maior trabalho. E infelizmente alguns vizinhos já haviam perdido à paciência com ela, e queriam mais é que ela fosse internada.

Continua...

lita duarte