ESTÓRIAS...

ESTÓRIAS...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

1973 - VALEU MENINOS!

Num certo dia, lá nos idos de 1973, eu que era apenas um adolescente de treze anos de idade, fui ao teatro da Record em São Paulo, com uma de minhas irmãs e amigos, para assistir ao Papo Pop, programa que era feito pelo grande e excepcional Big Boy, o homem do: Hello Crazy People! Sua inesquecível (marca) frase.

Quando chegamos lá nas proximidades do teatro, vimos uma grande agitação. Pessoas bem alegres, com roupas coloridas e algumas com violões e outros instrumentos musicais.
Ficamos ali na rua curtindo toda aquela festa e esperando o teatro abrir. Víamos os artistas chegando, alguns acenavam, mas logo entravam no teatro.

De repente, chegou um carro, de dentro desse carro saiu nada mais nada menos que: Raul Seixas. Ele estava vestido com um poncho na cor cinza, estava de óculos escuros e carregava o seu violão. Ele foi passando entre as pessoas e cumprimentando todo mundo. Parou para conversar, sorriu, brincou, depois com muita calma entrou no teatro.

Abriram às portas do teatro, então todos entraram para assistir ao show.
Sinceramente, eu não me lembro de nenhum outro artista que se apresentou naquele dia, mas Raulzito ficou marcado na minha memória.
Lembro-me de Big Boy dizendo: Hello Crazy People! Ai vem Raul Seixas! Então foi pura vibração, quem estava lá, curtiu muito aquele momento único e inesquecível.


Big Boy era locutor, apresentador, dj e chegou a escrever para vários jornais, o homem era demais!
Teve uma vida curta, morreu aos trinta e três anos, mas penso que viveu tudo o que ele quis viver.

Raul Seixas O Maluco Beleza, era compositor e cantor, assim como Big Boy, também morreu muito cedo, mas penso que ele também viveu tudo o que quis viver.

Valeu meninos!




lita duarte